Conheça os benefícios da máscara de argila terapêutica para a pele


Argila

A máscara de argila é ótima para cuidar da beleza, tanto em tratamentos estéticos como em terapias, por isso é um dos tratamentos que mais tenho prazer em realizar no Studio Sandra Martins em Taguatinga. Ela é um componente de origem mineral, coletada diretamente do solo, composta por alumínio (óxido de alumínio), sílica (óxido de silício) e água.

Benefícios da Argila

Além de tratamentos medicinais, a argila é usada em tratamentos estéticos para a pele do seu rosto. Conheça os benefícios da máscara de argila terapêutica:

  • Favorece a reprodução celular integral, afinando e clareando a pele.
  • Promove a esfoliação da pele e do couro cabeludo.
  • Absorve toxinas e impurezas.
  • Promove a reconstituição dos tecidos.
  • Faz desintoxicação metabólica capilar, facial e corporal.
  • Estimula o crescimento dos fios, pois atua na circulação.
  • Elimina a oleosidade da pele e cabelo.
  • Elimina bactérias e tem efeito calmante.
  • Suaviza e amacia a pele.

Tipos de Argila

Argila Verde 

Argila

A argila verde é indicada para peles oleosas e com acne. Tem ação adstringente, tonificante, estimulante, secativa, bactericida, analgésica e cicatrizante se aplicada como máscara facial no tratamento de beleza.

Realiza um peeling natural, removendo o excesso de oleosidade da pele. Nutre os tecidos com sais minerais e absorve radiação solar, retardando o envelhecimento.

Argila Branca (Novidade no Studio Sandra Martins)

Argila

A argila branca é indicada para peles sensíveis e desidratadas. Contém o maior percentual em alumínio e seu pH é muito próximo ao da pele.

Seus benefícios são de clarear, absorver a oleosidade da pele sem desidratar, e ter ação suavizante e cicatrizante. Apresenta ação tensora branda e, portanto, pode ser usada em todos os tipos de pele, especialmente nas expostas demasiadamente ao sol.

Argila Cinza

Argila

A argila cinza é indicada para peles oleosas e com manchas.

Devido ao titânio presente em sua composição, combate espinhas, cravos e é um excelente esfoliante. A argila cinza é antioxidante natural, retardando o envelhecimento da pele. É reguladora da seborréia capilar, absorve a irradiação solar, é clareadora de manchas e pode ajudar na redução do peso e medidas.

Argila Preta

Argila

A argila preta é a mais nobre de todas, pode ser encontrada também como lama vulcânica. É muito utilizada para a desintoxicação da pele, principalmente peles oleosas.

Tem ação antiinflamatória, anti-artrósica, absorvente e anti-stress. Devido ao alto teor de alumínio e silício e baixo percentual de ferro, pode ser usado tanto para cosmética como para tratamentos de doenças. É um excelente agente rejuvenescedor.

Argila Rosa

Argila

A argila rosa é a mistura da argila branca com a vermelha. Por ser mais suave, a argila rosa é indicada para as peles sensíveis e delicadas. Ela possui ação desinfetante, cicatrizante e suavizante. A argila rosa é rica em ferro, e muito boa para aplicação de máscara facial, corporal e capilar.

Ao mesmo tempo em que absorve as toxinas e o excesso de oleosidade, fornece os minerais necessários para devolver o viço e o brilho natural de sua pele e cabelos, tornando-os sedosos e macios.

Sandra Martins amante da estética facial, mãe, esposa e Esteticista, nem sempre tudo isso na mesma ordem. Proprietária do Studio Sandra Martins de Estética Facial. “A beleza é a única coisa preciosa na vida. É difícil encontrá-la – mas quem consegue descobre tudo.”

Anúncios

Acne pode piorar no inverno confira o porque?


Quem pensa que o tempo seco do inverno é bom para quem tem acne, engana-se. O frio também pode provocar o aparecimento das espinhas e até piorar seu aspecto. Segundo especialistas, o motivo são os hábitos típicos da estação: muitas roupas, banhos quentes e alimentação rica em gorduras, como leite.

“Em Taguatinga você pode fazer seu tratamento contra acne em um ambiente discreto e reservado! Além de não enfrentrar filas! Venha você fazer seu tratamento com Sandra Martins no Home Studio de Estetica Facial”

De acordo com a dermatologista Graça Tavares, principalmente em pessoas que já têm tendência ao aparecimento da acne, os hábitos não fazem surgir a lesão, mas a agravam. “Mulheres com ovário micropolicístico, adolescentes e pessoas com casos de acne na família podem sofrer mais“, afirma.

Para cada fator, há uma explicação: banhos quentes tiram gordura da pele, o que faz as glândulas sebáceas trabalharem mais, para compensar. O excesso de roupas sintéticas e de lã aumenta a proliferação de fungos e bactérias na pele. “Já alimentos gordurosos, típicos de inverno, como leite, fondue, chocolate quente, também têm substâncias que ajudam a ativar as glândulas sebáceas“, explica a dermatologista.

Já em relação ao tempo mais seco ser bom para diminuir a oleosidade da pele, a médica afirma que é relativo. “Peles que ressecam demais produzem uma oleosidade a mais para repor o que está faltando“, justifica. Além disso, o ressecamento é superficial. “A hiperatividade da glândula sebácea produz mais gordura nas camadas mais profundas da pele, aumentando a propensão a espinhas internas”, completa.

Congresso debate novos tratamentos
Não é preciso conviver com as espinhas e as marcas que as lesões mais graves deixam. Os tratamentos estão cada vez mais modernos e visam diminuir a vermelhidão da acne, melhorar o aspecto das cicatrizes e até preveni-las. As novidades serão debatidas no 19º Congresso Internacional de Estética, de 4 a 7 de agosto, em São Paulo.

Mas é preciso manter o tratamento básico: lavar o rosto com sabonete compatível com o tipo de pele. “Isso remove a gordura, sem provocar o efeito rebote”, diz a médica.

Evitar evolução do quadro é a saída
Cuidar para que o quadro não evolua é a melhor solução. Moara de Carvalho, 22 anos, conviveu por toda a adolescência com as espinhas e só se livrou com tratamento médico: “comecei a ter aos 11 anos. Só fiquei livre, de fato, quando a dermatologista receitou um remédio forte. Tive que abrir mão de pequenas coisas durante o tratamento, como comer alimentos com gordura”.