Durante a gravidez sua pele pode mudar, mas logo passa


Algumas alterações na pele assustam muitas grávidas.

Entretanto, vale a pena destacar que a maioria delas é passageira. Um exemplo comum e que as gestantes detestam são o escurecimento nas axilas e nas virilhas, formação de uma linha do umbigo até o púbis e a formação de acne no rosto. Algumas dicas ensinam a lidar com esses sintomas e minimizar preocupações:

No primeiro trimestre, é importante saber que nenhum produto químico pode ser usado. E mesmo os hidratantes devem ser específicos para gestantes, evitando complicações. Nem mesmo os cremes à base de uréia têm passe livre, porque podem prejudicar a formação do bebê.

Na fase do segundo trimestre, o uso dos cosméticos tradicionais está liberado. As mulheres que sofrem com a acne também podem buscar um tratamento mais forte, incluindo o uso de antibióticos tópicos (e não comprimidos, capazes de prejudicar os dentes do bebê).

No terceiro trimestre, as restrições valem apenas para aplicações de peeling, laser e preenchimentos (proibidos, aliás, para todos os noves meses). Cremes à base de ácidos podem ser usados desde que seu dermatologista autorize. O ideal é esperar a criança nascer antes de fazer tratamentos mais fortes, porque a alteração hormonal continua influenciando sua pele e seus cabelos na fase de amamentação.

Bjs a todas as futuras mamães
Sandra Martins.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s