Saiba como prevenir os males que atacam os pés, mesmo no inverno


Siga-nos:

FacebookNosso Canal no OrkutSiga-nos no Twitter

Na estação mais fria do ano, os pés não devem ficar em segundo plano nos cuidados com o corpo e a pele.

O inverno é a estação que mais exige o uso de sapatos fechados por longos períodos. Botas e outros calçados mantêm os pés abafados, sem respirar, e isso tende ao ressecamento, micoses, calos, descamação e rachaduras. As meias sintéticas também contribuem para maltratar a pele, pois não absorvem o suor. O ideal é optar por meias de algodão, para que os pés não desenvolvam fissuras. Outra recomendação é hidratá-los pelo menos duas vezes ao dia, de manhã e à noite.

O excesso de umidade e de suor, como no caso onde os pés ficam ‘fechados’ por algum tempo, aumentam as chances de fungos e bactérias, que resultam em micoses, popularmente chamadas de frieiras. As que se instalam entre os dedos apresentam coceiras, bolinhas, ardor e até sangramentos. Quando ocorrem nas unhas, deixam-nas manchadas, esbranquiçadas ou amareladas. ”Uma boa ideia para evitar as micoses é secar com atenção a região entre os dedos e as unhas. Não é recomendável usar o mesmo sapato todos os dias, mas sim deixá-lo num local arejado para secar”, recomenda Gerson Appel, farmacêutico da Farmácia Dermus, de Florianópolis. O uso ininterrupto de esmaltes também enfraquece as unhas, de modo que é indicado dar um descanso de pelo menos dois dias sem pintar.

Outro incômodo que afeta os pés, segundo Appel, são os calos e calosidades, um engrossamento da última camada da pele. O calo é o acúmulo de pele numa mesma região, já as calosidades aparecem espalhadas pelos pés, em geral na planta, na área anterior aos dedos ou no calcanhar. Tanto os calos como as calosidades são resultados do uso de saltos, sapatos apertados ou de bicos finos. ”Há algumas dicas que podem amenizar o problema, como o uso de calçados confortáveis com solado de borrachas ou palmilhas apropriadas. Porém, os males dos pés podem ser melhor orientados e tratados mediante uma avaliação com um podólogo ou dermatologista”, completa, e indica para hidratação dos pés e áreas secas como joelhos e cotovelos a Manteiga Hidratante Corporal, da Sumred, que possui uma associação de óleos vegetais de oliva e karite com vitamina E, em creme base de Aloe vera 100% reconstituída, revitalizando e dando maior flexibilidade a essas partes do corpo.

A falta de cuidado com os pés no frio é agravada por outra característica do inverno, o banho quente. Depois da ducha, é comum correr para colocar as meias, antes de secar bem a região dos pés. O ambiente úmido é ideal para a proliferação de fungos, bactérias e frieiras. Por isso, mesmo escondidos, os pés merecem toda a atenção no inverno. Segue abaixo informações essenciais do farmacêutico Gerson Appel para cuidar dessa parte do corpo na temporada de baixas temperaturas:

– Na hora do banho, não esquecer de esfregar os pés (em especial os cantos das unhas) com uma escovinha macia e secá-los bem antes de colocar a meia.
– Dê preferência por meias de algodão. Elas são ideais para permitir que o pé respire. Se não for possível usá-las, higienize bem os pés após descalçá-los.
– Salto muito alto é tão nocivo quanto salto nenhum. Prefira o conforto, e quando exagerar (numa festa, por exemplo) dê descanso aos pés nos dias seguintes.
– Em casa, não cutuque as unhas e não corte os cantos delas (prefira o corte quadrado)
– Hidrate os pés com um creme específico para a região. Nas unhas, passe um óleo de cravo a cada três dias para protegê-las.
– Uma forma de controlar a umidade dos calçados é usando talcos. Os líquidos à base de óleos melaleuca, que possuem ação adstringente, também são bastante eficazes.
– Quando estiver em casa, procure deixar os pés ao ar livre. Além de relaxar, é uma forma de controlar o aparecimento de fungos e bactérias.
– Pés ressecados são sinônimos de desleixo e maus cuidados. Para evitar aquele aspecto esbranquiçado, faça uma esfoliação uma vez por semana com produtos à base de uréia e ácido salicílico.
– Hidratar os pés no inverno é uma ação essencial. Os melhores cremes para isso são os de óleos vegetais, como amêndoas, prímula, macadâmia, cereja e borage.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s